Copper Alliance

A indústria do cobre no século XXI

Em 07 de maio comemora-se o Dia Mundial da Mineração e, o que seria melhor para representar esta data do que a indústria do cobre?

No início de abril, a indústria do cobre se reuniu para a Conferência Mundial do Cobre, que ocorreu em Santiago, no Chile, onde foi possível ter uma visão mais ampla de qual o caminho que a indústria do cobre está seguindo.

Inovação em áreas como digitalização, IoT, Indústria 4.0, manutenção preventiva e automação estão transformando a indústria. Esta transformação vai muito além das imagens ultrapassadas que temos sobre a mineração, pois, contempla maior segurança aos trabalhadores, bem como uma maior eficiência energética e hídrica.

De acordo com o World Copper Factbook (WCF) de 2018, a demanda por cobre triplicou nos últimos 50 anos, devido à expansão de setores como equipamentos de transporte, produtos elétricos e de consumo. A produção de minas de cobre continua a crescer exponencialmente, a uma taxa média de 3,2%. A previsão é que a produção atinja 25,9 milhões de toneladas métricas em 2021.

O WCF também ressalta que o “loop” da produção de cobre não pode ser fechado, primeiro porque a demanda continuará aumentando devido ao crescimento populacional, inovação de produtos e desenvolvimento econômico e segundo porque, na maioria das aplicações, o cobre permanecerá em uso por décadas.

Além disso, outra observação do WCF é que, “atender à demanda futura de metais continuará exigindo uma combinação de matérias-primas primárias, provenientes de minas, bem como materiais reciclados, enquanto políticas e tecnologias inovadoras devem continuar a contribuir para melhorias no desempenho de reciclagem e eficiência de recursos”.

O Avanço da indústria do cobre.

Na indústria do cobre também estamos avançando. Atualmente, os membros da Copper Alliance investem juntos, em média, U$20 bilhões por ano para melhorar sua contribuição para o desenvolvimento sustentável em áreas como proteção do meio ambiente e segurança operacional.

Uma grande parte deste desenvolvimento envolve o uso de tecnologia de automação que, por sua vez, desempenha um papel importante em ajudar o setor a se tornar mais seguro para sua força de trabalho e mais eficiente em termos de mineração.

É importante salientar que a automação não é a única tecnologia da qual a indústria do cobre pode se aproveitar para se tornar mais produtiva. A BHP está usando a tecnologia blockchain para garantir uma cadeia de suprimentos mais eficiente e eficaz. O projeto envolve o compartilhamento de dados de materiais com fornecedores para uma melhor compreensão de onde os materiais estão localizados em cada estágio do processo de mineração.

Esse compromisso com a inovação bem como, com os processos digitais, é necessário para que a indústria do cobre enfrente os desafios do século XXI. Como a indústria do cobre trabalha para atender à crescente demanda por cobre, a automação e outras inovações digitais ajudarão significativamente a aumentar a sustentabilidade da mineração de cobre através de maiores investimentos em produtividade e eficiência.

A indústria do cobre é fundamental para um futuro sustentável e já está tornando suas próprias operações sustentáveis. Nos próximos anos, devemos continuar pressionando para aumentar a produtividade e a sustentabilidade, a fim de gerar lucratividade e garantir a licença para operar.

A única maneira de aumentar a sustentabilidade do setor é aumentar a produtividade, e a melhor maneira de fazer isso é continuar investindo em inovação.

 

Fonte traduzida e adaptada de: https://www.miningmagazine.com/innovation/opinion/1360298/the-copper-industry-in-the-21st-century

COMPARTILHAR