Copper Alliance

7 de abril: Dia Mundial da Saúde – benefícios do cobre na alimentação

O cobre é um mineral essencial para os seres vivos. Apesar de ser encontrado em baixa concentração nos organismos, é de fundamental importância biológica.

Cacau em pó – Rico em cobre

Nosso corpo é incapaz de produzir o cobre, que acaba sendo obtido através da alimentação. Este rico mineral auxilia na formação de algumas células sanguíneas, hormônios e enzimas antioxidantes, além de contribuir para a síntese de neurotransmissores, formação da bainha de mielina e regulação da expressão gênica. O cobre ainda auxilia na regularização da quantidade de ferro no organismo e na formação de tecidos conjuntivos.

 

 

 

Quais são os benefícios do cobre?

Pele: O cobre é um mineral importante para a formação de melanina, que atua na pigmentação da pele, cabelos e olhos. A ação antioxidante proporcionada pelo cobre, também contribui para uma pele mais saudável e bonita.

Cérebro: As enzimas dependentes de cobre são responsáveis pela síntese de neurotransmissores. Além de sua ação antioxidante, o cobre também é capaz de prevenir doenças cerebrais degenerativas.

Imunidade: O cobre é essencial para um bom aproveitamento de vitamina C no organismo. Esta vitamina auxilia na produção de glóbulos brancos além de aumentar os níveis de anticorpos no organismo, deixando corpo menos suscetível a doenças.

Coração: O cobre é um mineral essencial para enzimas antioxidantes como a superóxido dismutase (catalisa a dismutação do superóxido em oxigénio e peróxido de hidrogénio. Devido a isto, é uma importante defesa antioxidante na maioria das células expostas ao oxigénio) e a ceruloplasmina (uma glicoproteína produzida o fígado com atividades enzimáticas que contém 90% do cobre sérico total, apresentando comportamento de proteína de fase aguda tardia), que impedem a ação dos radicais livres sobre a oxidação de lipídeos, diminuindo assim o risco de doenças cardíacas.

E no caso de deficiência de cobre?

A deficiência de cobre no organismo pode causar inúmeros problemas como manchas na pele, neutropenia (contagem anormalmente baixa de um tipo de glóbulos brancos – neutrófilos), osteoporose e doenças neurodegenerativas como Alzheimer e Parkinson, além de problemas na tireoide.

Açúcar Mascavo

 

Fontes de Cobre

O cobre está presente em inúmeros alimentos. A tabela abaixo mostra a quantidade de cobre presente em cada alimento:

Fonte mg/100g
Cacau em pó 4,40 mg
Farinha de Soja 2,88 mg
Açúcar mascavo 2,41 mg
Lentilha 1,31 mg
Chocolate 1,21 mg
Amendoim torrado 1,10 mg
Aveia 1,00 mg
Amêndoa 1,00 mg
Brócolis 0,84 mg
Castanha-do-pará 0,66 mg
Cogumelo 0,65 mg
Carne bovina 0,65 mg
Amendoim cru 0,62 mg
Pão de centeio 0,61 mg
Arroz 0,58 mg
Ervilha verde 0,57 mg
Caranguejo 0,57 mg
Ovo de galinha, gema 0,57 mg
Rabanete 0,50 mg
Favas 0,50 mg
Cevada 0,50 mg
Alcachofra 0,50 mg

Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos –  TACO – 4ª edição revisada e ampliada.

Quantidade recomendada de cobre no organismo

Idade Homens (mcg/dia) Mulheres (mcg/dia)
0 – 6 meses 200 200
7-12 meses 220 220
1- 3 anos 340 340
4 – 8 anos 440 440
9 -13 anos 700 700
14 -18 anos 890 890
19 anos ou mais 900 900
Gravidez 1000
Lactação 1300

Fonte: http://www4.anvisa.gov.br/base/visadoc/CP/CP%5B8989-1-0%5D.PDF

Conheça um pouco mais sobre os benefícios do cobre, clique aqui.

COMPARTILHAR