Copper Alliance

Segurança é uma das razões para atualizar sua instalação elétrica.

Quando você compra uma casa, ou se já mora em uma há algum tempo, é sempre importante verificar o estado das instalações elétricas.

Se a casa é antiga, ou possui mais de dez anos, é necessário verificar toda a instalação elétrica existente, pois, assim como nós, ela também envelhece.

Essa revisão se torna ainda mais necessária em residências muito antigas onde a instalação elétrica já se encontra obsoleta não atendendo a demanda dos eletrônicos existentes.

Outro ponto muito importante é com relação às medidas de segurança em vigor. Uma instalação antiga já não se enquadra nas normas de segurança atuais, por esse motivo é necessária efetuar sua alteração quanto antes.

Por que é necessário renovar sua instalação elétrica?

Como sabemos, o cobre desempenha um papel fundamental no desenvolvimento de sistemas elétricos e eletrônicos.

Este importante metal oferece a mais alta condutividade dentre todos os metais comerciais e tem desempenhado um papel fundamental no desenvolvimento de aplicações elétricas e eletrônicas.

Do transporte de eletricidade de alta voltagem a microcircuitos e de geradores elétricos a computadores, o cobre é um metal vital e energeticamente eficiente em todos os aspectos relacionados à geração, transporte e uso da eletricidade.

Guia de Bolso – Instalação Elétrica mais segura

Com tantas informações sobre o cobre nas instalações elétricas, apresentaremos as razões da importância em efetuar uma reforma na instalação elétrica de sua residência:

#1 – Segurança da instalação elétrica

Quando aparelhos eletrônicos modernos são utilizados, ou quando há presença de muitos deles ligados no mesmo circuito, instalações elétricas antigas podem causar curtos-circuitos e apagões, além de representar um alto risco de acidentes.

Você sabe quais são os sinais apresentados para saber se sua instalação elétrica é segura?

*Cheiro de queimado – Se ao conectar um equipamento eletrônico um cheiro de queimado começar a surgir, pode ser um sinal de que os cabos estão superaquecendo. Neste caso, efetue a alteração da instalação elétrica o mais rápido possível a fim de evitar um incêndio.

*Plugues e Interruptores queimados, quebrados ou soltando faíscas – Se o plugue apresentar uma dessas falhas é necessário observar atentamente por que este problema está acontecendo.  Neste caso, é aconselhável desmontar o plugue para verificar se os cabos estão corretamente isolados e se possuem a divisão de cores corretas. Caso estejam fora dos padrões, a renovação da instalação deve ser efetuada imediatamente.

#2 – Adapte sua casa às suas necessidades

Devido ao grande número de eletrodomésticos utilizados atualmente, o consumo médio atual de eletricidade é muito superior a 30 anos atrás, portanto, precisamos determinar se nossa instalação suporta a energia necessária para usar todos os nossos dispositivos. Caso contrário, para aumentar a potência contratada, precisaremos renovar a instalação elétrica.

Devemos também considerar se temos pontos de energia e pontos de luz suficientes nos diferentes cômodos da casa, já que não é aconselhável usar extensões, benjamins e outros.

#3 – Melhorias na instalação: maior conforto e economia

Como a instalação elétrica é um dos componentes mais importantes de uma casa, é sempre bom solicitar uma inspeção e avaliação profissional.

Dicas de instalações elétricas e aterramento que todo eletricista deveria seguir

Mesmo que seja necessário um orçamento maior, também pode ser interessante realizar uma atualização completa da instalação elétrica, incluindo um sistema de automação residencial. Além de oferecer mais conforto e segurança, esse sistema poderá ajudá-lo a reduzir o valor das contas mensais e aumentar o valor da casa no caso de uma venda futura.

Para obter mais informações sobre questões relacionadas ao uso de cobre em aplicações elétricas, visite  Leonardo ENERGY : uma comunidade global de profissionais do setor de energia sustentável.

Fonte traduzida e adaptada de https://el-cobre-crea-hogar.es/3-razones-para-renovar-la-instalacion-electrica

COMPARTILHAR